Roubo descarado contra o povo brasileiro!


Atenção população brasileira, pedimos que vocês façam o seguinte, observem quanto cada estado contribui em ICMS para a União:

AC

0,09104%

PB

0,2875%

AL

0,84022%

PR

10,08256%

AP

0,40648%

PE

1,48565%

AM

1,00788%

PI

0,30165%

BA

3,71666%

RJ

5,86503%

CE

1,62881%

RN

0,36214%

DF

0,80975%

RS

10,04446%

ES

4,26332%

RO

0,24939%

GO

1,33472%

RR

0,03824%

MA

1,6788%

SC

3,59131%

MT

1,94087%

SP

31,1418%

MS

1,23465%

SE

0,25049%

MG

12,90414%

TO

0,07873%

PA

4,36371%

TOTAL

100,00%

Conforme a LEI COMPLEMENTAR Nº 102, DE 11 DE JULHO DE 2000

Posteriormente, verificamos que existem algumas contas que não fecham como por exemplo aqui, temos tido um aumento constante da energia elétrica no país, e ao observarmos alguns comentários na internet, verificamos que as pessoas estão corretas.

Clique no link abaixo e veja quanto é o percentual do ICMS do seu estado:

http://www.fiscontex.com.br/legislacao/ICMS/aliquotainternaicms.htm

COFINS é a sigla de Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social, que é uma contribuição social aplicada sobre o valor bruto apresentado por uma empresa. Quem paga é a empresa e não o seu cliente.

PIS é a sigla para Programa de Integração Social, uma contribuição tributária de caráter social, que tem como objetivo financiar o pagamento do seguro-desemprego, abono e participação na receita dos órgãos e entidades, tanto para os trabalhadores de empresas públicas, como privadas. Quem paga é a empresa, não o seu cliente.

Estas observações servem para todas as contas de consumo do brasileiro, como telefone, tv, água, etc.

Clique na planilha abaixo e colocando o valor do seu consumo de energia, você terá o valor do imposto que deveria paga!

Planilha ICMS

As companhias de energia cometem um engano absurdo quando cobram dos seus clientes o ICMS calculado sobre todos os demais impostos embutidos na conta de força, pois o mesmo deveria ser calculado somente sobre o Consumo.

Ao verificar a disparidade do cálculo, procure uma empresa especializada em recálculo ou um advogado, e vá atrás dos seus direitos, pois com o novo método judiciário de conciliação, tudo fica mais rápido.


Nenhum comentário



Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Quem Somos

Somos um grupo, preocupados com a disseminação das melhores informações que possam vir a contribuir no seu cotidiano, bem como auxiliar na resolução de dúvidas e ou problemas que possam surgir em assuntos diversos, e ainda suprir a ânsia pelo conhecimento!

Leia Mais